Expediente
(06/09/2017) Prezados Clientes, Informamos que no dia 08 de setembro de 2017 não haverá expediente no escritório.

CADIN - EMPRESAS C/ DÉBITOS NO SIMPLES NACIONAL E
(30/08/2017) RECEITA INTIMA - " CASO OS DÉBITOS RECENTE DESCRITOS NÃO SEJAM QUITADOS OU REGULARIZADOS, O CONTRIBUINTE ESTARÁ SUJEITO A INCLUSÃO NO CADASTRO INFORMATIVO DE CRÉDITO (CADIN)IMPEDINDO OPERAÇÕES DE CRÉDITOS COM RECURSOS PÚBLICOS, A CONCESSÃO DE INCENTIVOS FISCAIS E FINANCEIROS E A CELEBRAÇÃO DE CONVÊNIOS E SIMILARES QUE ENVOLVAM DESEMBOLSO DE RECURSOS PÚBLICOS E RESPECTIVOS ADITAMENTOS (LEI Nº 10.522, DE 2002)." EVITE TRANSTORNOS POSTERIORES COMO BLOQUEIO EM BANCOS E ETC... REGULARIZE SEUS DÉBITOS ENTRE EM CONTATO CONOSCO.

Decreto Nº 14.508, de Junho de 2016
(21/09/2016) Considerando o disposto no Decreto Nº 14.508, de Junho de 2016 que dispõe sobre os contribuintes inscritos no cadastro de contribuintes, ate 31 de Dezembro de 2016, que exerçam a atividade de venda ou de revenda de mercadorias ou bens de prestação de serviço, em que o adquirente ou tomador seja pessoa física ou jurídica não contribuinte do ICMS, observando o disposto nos 1º, 2º e 3º deste artigo e no art. 3º deste decreto, ficam obrigados à emissão de Nota Fiscal Eletrônica (NF-e), modelo 65, doravante denominada Nota Fiscal de Consumidor Eletrônica (NFC-e) ou de Cupom Fiscal Eletrônico ECF (CF-e ECF), modelo 60, emitido por ECF do convenio ICMS 09/09, cumpre-nos o dever de informar a partir: I - I - de 1º de março de 2017, nos casos em que a receita bruta anual, no exercício de 2016, seja superior a R$ 6.000.000,00 (seis milhões de reais); II - de 1º de setembro de 2017, nos casos em que a receita bruta anual, no exercício de 2016, seja super

ALTERAÇÃO RETENÇÃO DE PIS/COFINS/CSLL.
(13/07/2015) RETENÇÕES DE PIS/COFINS/CSLL NÃO TEM MAIS LIMITE DE R$ 5 MIL. Conforme a alteração, Lei 13.137 de 19 de Junho de 2015, para fins de retenção do PIS (0,65%), COFINS ( 3%) e CSLL (1%), referente o valor mínimo, o mesmo passa a ser R$215,05 e não mais R$ 5.000,00 : " Art31. ....................................................................................... 3º Fica dispensada a retenção de valor igual ou inferior a R$ 10,00 (dez reais).... Qualquer nota fiscal emitida, sujeita a retenção de PIS/COFINS/CSLL, superior a R$ 215,05 (duzentos e quinze reais e cinco centavos) deve conter as retenções federais, ou seja, R$ 215,05 X 4,65% = R$ 10,00.

EMISSÃO NOTA FISCAL SERVIÇO - 20/06/2015
(16/06/2015) ATENÇÃO!!!! Senhores Clientes, Comunicamos que no dia 20/06/2015, sábado das 8H às 12, o sistema ISSNET, responsável pelo site emissor de nota fiscal de serviço da cidade de Dourados, ficará indisponível para troca de grupo Gerador do Data Center. Sendo assim não será possivel a emissão da nota fiscal de serviço durante o periodo. De acordo com a empresa responsável após esse horário o sistema estará operando normalmente. Contato empresa responsável: Nota Control - (67)3320-1800

SITE EMISSÃO DE NOTA FISCAL DE SERVIÇO
(22/04/2015) O site, grátis, para emissão da nota fiscal de serviço eletônica mudou: http://free.notaeletronica.com.br/dourados/login/Login_NFE.aspx.

Opção pelo Simples Nacional 2015
(16/01/2015) A solicitação de opção pelo Simples Nacional poderá ser feita até 30/01/2015. Confira as principais informações sobre o processo de Opção pelo Simples Nacional.

Revellion
(19/11/2014) Senhores clientes: Não abriremos dia 02/01/2015 devido as comemorações de Revellion. Agradecemos a compreensão.

OBRIGATORIEDADE DA EMISSÃO DE NOTA FISCAL DE SERV
(07/11/2014) A partir do dia 01 de dezembro de 2014, todos os prestadores de serviço inscrito no cadastro econômico do Municipio de Dourados - MS ficarão obrigados a emitir Notas Fiscais de serviços Eletrônicas - NFS-e, independete da atividade econômica desenvolvida. Conforme Decreto nº 1.375, de 15 de outubro de 2014, Publicado no diário oficial nº 3.846 de 05 de novembro de 2014.

Certidões Federais serão unificados
(06/10/2014) A partir do dia 20 de outubro de 2014, as certidões que fazem prova da regularidade fiscal de todos os tributos federais, inclusive contribuições previdenciárias, tanto no âmbito da Receita Federal quanto no âmbito da Procuradoria da Fazenda Nacional, serão unificadas em um único documento. A unificação das Certidões Negativas está prevista na Portaria MF 358, de 5 de setembro de 2014. Veja mais:http://www.receita.fazenda.gov.br/AutomaticoSRFsinot/2014/10/03/2014_10_03_12_19_31_74

IMPORTANTE! cód. NCM na NF-e
(24/07/2014) Prezados(as) desde já a identificação das mercadorias na NF-e deverá conter o seu correspondente cód (NCM) COMPLETO, não sendo mais aceita informar apenas 2 primeiros dígitos. NF-e emitidas sem NCM ou incompletas, serão rejeitadas pela SEFAZ - MS a partir de 1º/8/2014. obs: favor entrar em contato com seus programadores para eventuais ajustes, estamos a disposição para duvidas) Atenciosamente Obrigado!

"De Olho no Imposto"
(13/06/2014) Entre em contato com seus programadores para adequação ao que será exigido em Cupom fiscal e ou dados adicionais de sua Nota Fiscal Eletrônica, fonte: tabela IBPT, consulte o ncm das mercadorias de suas empresas assim como a aliq. Nacional ou Importada Aproximada, e siga exemplos do Manual de Olho no Imposto como nas paginas 9 a 11. Obrigado!

SPED Fiscal
(24/10/2012) Fiquem atentos ao prazo da entrega do SPED fiscal que se dá até o dia 20 de cada mês. Para fornecer um serviço de qualidade enviem seus arquivos para a contabilidade até o dia 5 do mês subseqüente ao mês do movimento. Obrigado.